quarta-feira, 28 de setembro de 2011

sobre o árbitro da partida entre atlético mineiro e ceará


já foi definido o árbitro que apitará a partida entre atlético mineiro e ceará no domingo, na arena do jacaré.

será ninguém mais ninguém menos que o alagoano francisco carlos do nascimento, também conhecido como chicão.

francisco carlos do nascimento... alagoano...

francisco carlos do nascimento...

chicão...

alagoas...

chicão...

chicão??

chicão!!

lembrou??

pois é. ele mesmo.

para quem não conseguiu puxar pela memória, nem tem uma penseira, ou sequer sabe do que eu estou falando, um breve flashback...

dias antes da decisão do primeiro turno do estadual deste ano entre ceará e fortaleza, o então presidente tricolor paulo arthur magalhães chorou pediu à federação cearense de futebol para que trouxesse um árbitro de fora para apitar o clássico. 

alegando que os juízes de outros estados trabalhavam com menos pressão e que queria um de grande respaldo e credibilidade, o "do cotoco" se dispôs até a arcar sozinho com as despesas provenientes do pedido.

pedido feito pelo fortaleza à fcf é pedido prontamente  atendido. pouco tempo depois, mauro carmélio anunciou o nome do aspirante a árbitro fifa, francisco carlos nascimento para apitar a final.

isso mesmo. um aspirante

depois de todo chororô de são paulo arthur sobre a arbitragem, a idéia foi trazer um cara que nem da fifa era.

e a justificativa do bigodão da federação era a de que nenhum árbitro fifa teria disponibilidade para apitar a partida.

será que era verdade?

após se deparar com a tamanha estranheza da situação, a diretoria alvinegra logo entrou em ação e descobriu dois detalhes que, aparentemente, carmélio e paulo arthur fizeram questão de "deixar passar".

o primeiro: francisco carlos nascimento estava suspenso pela federação alagoana devido a suas péssimas atuações no campeonato estadual. arbitragens essas que "estavam bem distantes do que se exige de um aspirante à fifa", segundo a faf.

o segundo: o careca paranaense e árbitro fifa heber roberto lopes estava livre e desimpedido para trabalhar.

suspeito ou não?

"engano" desfeito, heber foi quem apitou (e muito bem) a partida que terminou em 1x0 para o ceará e nos deu o título do primeiro turno.

pois bem. agora nos deparamos novamente com o caseiro chicão, que no brasileirão desse ano já atuou em nove partidas e em nenhuma dessas um visitante saiu com três pontos. foram seis vitórias dos mandantes e apenas três empates.

um juizão "bem a calhar" para quem está em apuros como o galo.

essas forças ocultas do futebol...

em tempo: no final do ano passado chicão também foi suspenso pelo conselho nacional de árbitros de futebol, o conaf, e pegou 20 dias de geladeira por descumprimento da regra 12, que diz respeito às faltas e condutas irregulares.

Um comentário: