sexta-feira, 9 de setembro de 2011

sobre a saída de eduardo



a alguns meses atrás, dando uma olhada no bid acumulado do fortaleza, eu pensei o seguinte: "eduardo vai sair de graça no meio do ano que vem."

e eu cheguei a essa conclusão raciocinando que, com contrato até 10 de maio de 2012 e na situação que o time se encontra, nunca o fortaleza terá condições de segura-lo. em novembro certamente ele assina um pré-contrato com qualquer outra equipe da série a ou b. até mesmo com o ceará.

isso foi durante o campeonato cearense. eduardo era considerado por muitos um futuro kaká, que encheria os cofres do tricolor com sua possível transferência para algum time europeu.

o tempo passou, veio a série c e o jogador caiu em esquecimento.

encostado no clube, o "craque" conseguia ser reserva de jogadores como esley e lelê.

quando eis que, de repente, o fortaleza anuncia sua saída.

com o passe adquirido pelo fluminense, eduardo segue para o rio de janeiro deixando a promessa de que, caso seja vendido em até dois anos, 25% do que for apurado terá como destino a conta do leão.

que esperem sentados.

em tempo: a verdade é que criou-se uma imagem do jogador que não condizia com a realidade. eduardo, segundo muitos, era um verdadeiro fenômeno. hoje todos sabem que ele é apenas um bom jogador, mas nada mais do que isso.


no final das contas, baquit teve razão quando disse que “entre perdê-lo de graça e lucrar (quem sabe) 25% no futuro, o fortaleza fez foi um grande negócio”. realmente, qualquer roupa serve ao nu.

Um comentário:

  1. Ser reserva do Lelê é osso...
    Oh poeta alvinegro, a comunidade aguarda seu comentário ou seu poema a respeito da singela derrota do Fortaleza pelo placar de 4x0.

    ResponderExcluir