segunda-feira, 12 de setembro de 2011

sobre uma demissão



caiu.

mancini não é mais treinador do ceará.

o empate contra o atlético goianiense foi a gota d'água para a diretoria que, ontem a noite, pediu-lhe de volta o boné.

fica no ar a dúvida: o técnico era mesmo o problema?

talvez não. afinal, como mandante o time conseguia demonstrar em muitos momentos um bom futebol. mesmo quando deixava a vitoria escapar.

talvez sim. afinal, como visitante o time costumava não entrar em campo e acumular derrotas vergonhosas.

o fato é que esse foi o grande problema.

a dupla personalidade.

quem sabe se ele conseguisse passar um pouco mais de garra e vontade aos jogadores, a situação poderia ser outra.

quem sabe se ele não tivesse errado tanto ao indicar jogadores como enrico, roger e felipe azevedo uma melhor sorte o teria acompanhado.

isso nós só vamos saber após a chegada do novo comandante.

será ele capaz de tirar leite de pedra?

em tempo: quem vier terá que pular logo de cara uma fogueira gigante: são paulo e palmeiras lá em sp.


e depois, como cereja do bolo, um enjoado coritiba aqui no pv.


que não peçam a sua cabeça se conseguirmos apenas 3 pontos no meio desses próximos 9 a serem disputados.


é natural que o novo treinador precise de tempo para se adaptar ao time.


se não precisar e conseguir imediatamente bons resultados, que façam uma estátua pra esse cara. 


infelizmente acredito mais na primeira hipótese.

Nenhum comentário:

Postar um comentário