domingo, 30 de outubro de 2011

sobre um ceará e fluminense



é triste constatar a deficiência técnica do ceará diante de um time arrumado.

é desencorajador ter que esperar que um jogador como thiago humberto faça a bola rolar no meio de campo. mais desencorajador ainda é saber que só tem ele para fazer isso, já que o juca, pelo andar da carruagem, so estreará no falido estadual do ano que vem.

é desesperador ter que contar com o sinho improvisado na lateral direita, já que o único jogador dessa posição que temos se encontra contundido, e mesmo que não estivesse não faria muita diferença.

é desestimulante ver em campo dois zagueiros lentos tendo um veloz como o daniel marques esquentando o banco.

e antes que pensem que eu estou cornetando o edmilson mesmo depois de tanto elogia-lo no post passado, não entendam errado. ele é um grande jogador e um grande exemplo de caráter, mas jamais deveria ter sido escalado ao lado do fabrício, que também não tem velocidade. deus e o mundo sabem que o mais correto seria que ele jogasse ao lado do daniel, ou até na frente dos dois, protegendo a zaga junto com heleno e eusébio.

é difícil não jogar a toalha depois de mais essa derrota em casa, mas a verdade é que enquanto houver chance de permanência, por mais remota que ela se tornem a cada rodada que se passa, deve haver esperança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário